logo Dedetizadora RJ (21) 4042-2710

Dedetizadora RJ
Compare Preços e Serviços
de Dedetização no Rio de Janeiro!

Compare orçamentos de empresas de dedetização. Receba orçamentos gratis!

Protegendo seus animais de estimação de pulgas e carrapatos
7 de setembro de 2016
0

As mudanças climáticas têm feito as quatro estações do ano registrarem temperaturas mais elevadas a cada ciclo, o que significa que programas ao ar livre com animais de estimação têm se tornado mais frequentes não apenas durante as férias de verão, mas durante todo o ano. É claro que essas atividades são excelentes para os animais e para toda sua família, mas elas também expõem os pets a diversas ameaças, entre elas pulgas e carrapatos.
Carrapatos são capazes de sobreviver a um inverno rigoroso e, após o aumento da temperatura, a fêmea pode colocar centenas de milhares de ovos de uma só vez. As pulgas também sobrevivem a baixas temperaturas, vivendo encasuladas como larvas em animais silvestres ou mesmo no interior de casas e demais construções. Com as temperaturas cada vez mais elevadas que temos presenciado, o início da primavera já é suficiente para que estes parasitas sugadores de sangue comecem a nos causar problemas. É praticamente impossível manter total controle das pulgas e dos carrapatos. Mas existem algumas dicas para tentar minimizar as chances de seu animal de estimação ser atormentado.

Pulgas –  Cães e gatos não tratados podem depositar os ovos da pulga em seu quintal. É possível reduzir as infestações de pulgas, portanto, limitando o acesso que estes animais têm às redondezas de sua casa. Se sua vizinhança estiver enfrentando uma situação peculiar ou estiver localizada em áreas próximas a florestas, de modo que seja difícil afastá-los, cogite procurar ajuda profissional para descobrir sugestões de plantas ou outras estratégias eficazes para afastar os animais que cercam sua região.

Carrapatos – Pode ser bastante útil para os donos de animais fazer algumas alterações ao redor de suas casas a fim de torná-la menos atrativa para carrapatos e seus hospedeiros. Por exemplo, manter a grama aparada, remover acúmulos de serragens e podar arbustos e árvores.

Apesar de seus esforços para reduzir as pulgas e os carrapatos em seu quintal, seus animais de estimação ainda podem estar expostos a estes parasitas. Portanto, é fundamental contar com um apoio extra para protegê-los diretamente. Isso pode ser feito tratando todos os animais de sua casa com produtos (como shampoos e cremes) específicos para eliminar pulgas e carrapatos. Um pet não tratado pode causar uma infestação de pulgas em toda a casa.
Por fim, é muito importante manter a regularidade. Uma única dose esquecida desses produtos ou um descuido com suas outras medidas de proteção podem levar a um caso de infestação que demorará meses para ser resolvido, e até colocar o seu animal de estimação em maior risco de exposição a uma doença. Não hesite em entrar em contato com um especialista de pragas profissional caso tenha qualquer dúvida sobre tratamentos para pulgas e carrapatos.

Assista o video e veja as dicas da veterinária Monique Rodrigues dos cuidados que devemos ter com os animais de estimação.

Deixe uma resposta